fbpx
Escolha uma Página
Spread the love

Muitas pessoas se auto denominam como Apaixonados por Cafés. Mas essa classificação tem vários níveis, até chegar ao grupo de pessoas que desenvolveram a Síndrome de TAC – Transtorno Apaixonante por Cafés.

 

O café faz parte da nossa cultura, seja devido ao fator histórica ou importância econômica. Somos o maior país produtor de café e segundo maior consumidor mundial. Isso já é motivo suficiente para termos uma nação apaixonada por cafés.

Mas algumas pessoas vão além do “simples consumo de um bom cafezinho”.

Cada vez mais ouvimos falar sobre os “coffee lovers”, aquelas pessoas que em algum momento da vida desenvolvem a Síndrome do TAC ( Transporto Apaixonante por Café), atualizando o status de simples consumidores para consumidores mais curiosos, exigentes e especializados.

“Coffee Lovers”, um termo informal para um grupo de pessoas, apreciadores de cafés especiais que são interessados na sua degustação mas também em tudo o que lhes diz respeito, como os métodos de preparo, origem do café, tradições locais, cursos, visitas a cafeterias, vivências em plantações etc.

 

 

MAS COMO SABER SE REALMENTE DESENVOLVEMOS O “TAC”?

 

Isso depende de cada pessoa, das suas experiências e nível de consumo, mas alguns sintomas são facilmente identificados. Veja se você possui algum desses:

 

1 . O dia só começa realmente depois do Café. E não basta tomar. Tem todo um ritual de preparo (muitos ficam mal humorados se não conseguirem tomar um bom café);

2 . Não existe hora ou motivo para tomar Café. Se está triste, Café. Se está feliz, Café. Reunião de trabalho, Café. Um encontro, Café!

3 . Na sua casa sempre tem o “Cantinho do Café”;

4 . Você começa a separar um valor do seu salário para investir na compra de bons cafés, livros sobre o assunto e equipamentos para o seu preparo e claro, visitar muitas cafeterias;

5 . Você já fez (ou está na lista de desejos) algum curso / workshop / degustação de cafés;

6 . Seus amigos começam a te ver como referência para pedir dicas de qual café ou métodos comprar. Pedem uma lista de cafeterias para visitar. Pedem para você compartilhar suas receitas de preparo;

7 . Frequentar cafeterias e passar um bom tempo nelas está entre as suas atividades favoritas;

8 . Ao planejar uma viagem, sempre tem uma lista de cafeterias para conhecer;

9 . Algumas frases como “caminho sem volta”, “moeu, fudeu”, “toda hora é hora”, passam a fazer muito sentido;

10 . Você não entende quando alguém diz: “Não gosto de Café”. Com certeza vai dizer que é porque ainda não encontrou o café certo.

 

E aí, se identificou com algum desses sintomas? Conhece mais alguém com essas características? Então bem vid@as ao grupo!

Compartilhe esse post quem você acha que tem a Síndrome do TAC. ;D

 


Spread the love