Escolha uma Página
Spread the love

Assim como cada moto é única e tem inúmeras opções de personalização, cada dose de café tem a capacidade de transmitir sabores e aromas únicos, traduzidos através de métodos de extração e origem do café.

 

Para quem me conhece, sabe que o universo do motociclismo me encanta tanto quanto o de cafés especiais. Por isso digo que a união destes dois temas, é um “casamento perfeito”.

Pode não parecer, mas a parceria entre motocicletas e café já é de longa data. O nome das famosas motos “Café Racers” vem de entusiastas de motocicletas que apostavam corridas em curtos e rápidos trajetos entre os cafés, uma tradição que remonta às primeiras partes do século XX. Os Cafés são um destino desejável para os motociclistas que querem ficar alertas na estrada, e o café é uma alternativa muito mais prática (e segura) do que os bares.

Mesmo com uma história estabelecida entre os “Rockers” (corredores da época), o salto para juntar os pilotos à comunidade de cafés especiais aconteceu recentemente.

Oficinas de personalização de Motocicletas combinadas a cafeterias surgiram em todos os cantos do mundo. Algumas lojas encontraram um nicho no varejo, outras como oficinas e fornecedores de peças, enquanto outras se concentram principalmente no café. Cada um equilibra as duas culturas com aspectos de negócios de uma forma que reflete a especialização e os interesses exclusivos dos proprietários. Mais importante ainda, cada café projetou uma mistura de motocicletas e café para refletir as necessidades da comunidade ao redor, proporcionando um espaço acolhedor para iniciantes e especialistas.

Se você aprecia Cafés e Motocicletas, confira abaixo 10 lugares nos EUA que você irá gostar de conhecer:

 

JANE MOTORCYCLES
Brooklyn, New York

 

 

Jane Motorcycles, uma loja de motos customizada, roupas e cafeteria tornou-se um dos locais de destaque do agitado bairro de Williamsburg, no Brooklyn, NYC.

Os proprietários Adam Allen e Alexander Dimattio conseguiram pegar todas as coisas pelas quais eram apaixonados e transformá-lo em uma comunidade convidativa, maravilhosamente projetada, que recebe turistas e moradores locais. A Jane Motos também tem peças de roupa incrivelmente bem feitas, incluindo camisas feitas de tecido feitos de algodão orgânico.

 

BROTHER MOTO
Atlanta, Georgia

 

 

Localizado em Atlanta, Geórgia, o Brother Moto leva a abordagem DIY – (abreviação de “do it yourself”– faça você mesmo) a sua garagem, que também atua como um café e espaço de coworking. Alí você pode saborear o seu café e comprar um capacete novo.

O Brother Moto incentiva aqueles que não têm motocicletas a entrar e se familiarizar com sua comunidade também.

 

TWO STROKE COFFEE
Portland, Oregon

 

 

O Two Stroke Coffee , está localizado em um canto do aconchegante bairro de St. John, em Portland, Oregon. O bairro fica a poucos quilômetros ao norte do centro da cidade, “Algumas das melhores estradas favoráveis ​​a motocicletas estão bem em cima da St. John’s Bridge”, diz o co-proprietário Seth Ciferri. “Nós fazemos um bom ponto de parada ou ponto de pouso, ou ambos”.

 

“Há muitas pessoas que vêm aqui para as motos e acabam voltando para o café”, diz Ciferri.

 

Ciferri diz que o local foi uma grande motivação na decisão de abrir o Two Stroke, que se tornou um ponto de encontro para os entusiastas de motos. Ciferri e sua parceira, Stephanie Tommasello, administram o lado do café do espaço empresarial compartilhado.

 

SEE SEE MOTOR COFFEE CO.
Portland, Oregon

 

 

A See See Motor Coffee Co., é um espaço que onde você encontra equipamentos, roupas e uma cafeteria.

A arte pop dos anos noventa cobre as paredes, junto com polaroids e uma linda prateleiras de capacetes. Não há dúvida de que você está em uma loja de motocicletas, mas o aspecto do café também é claro. Um bar em forma de U domina o espaço principal do café, oferecendo amplo espaço para os clientes se sentarem no bar ou em uma das várias mesas espalhadas pela loja.

 

“Não é apenas um loja de equipamentos para motos e um café que vendem coisas para as pessoas, nós realmente criamos experiências”, diz George.

 

“É sobre não se levar muito a sério”, diz Tori George, que gerencia marketing e eventos para See See. Ela diz que os co-fundadores Thor Drake e George Kassapakis queriam que See See fosse um ambiente descontraído e inclusivo.

Ela explica que a decisão de dividir o espaço entre café e loja foi muito intencional – eles não queriam que um elemento dominasse o outro. Eles também queriam que o espaço fosse inclusivo.

 

SPOKEN MOTO
Bend, Oregon

 

 

A Spoken Moto é um destino ideal para os pilotos e entusiastas do café. A história é bastante lógica aos olhos do sócio e diretor de criação Brent Van Auken: amigos que estavam em reformar motocicletas entraram em um depósito, brincaram com a idéia de servir café, então fizeram a pergunta: “E se temos esse espaço e podemos servir o melhor café que pudermos?” Assim nasceu a Spoken Moto.

 

“Nós gostamos da ideia de ser uma verdadeira oficina de motocicletas e onde se possa tomar um bom café também.” diz Van Auken.

 

A Spoken Moto torra o seu café sob o rótulo Megaphone Coffee Co. Neste momento, eles torram o suficiente para abastecer a loja, mas esperam expandir-se para oferecer seu café a para outras cafeterias parceiras. Além do café, os clientes também podem pedir uma cerveja ou pegar comida em um dos quatro food trucks que ficam estacionados num lote vizinho.

 

FLAT TRACK COFFEE
Austin, Texas

 

 

Ao sul de Austin, no Texas, fica o Flat Track Coffee, que ocupa um espaço compartilhado com a Cycleast , uma oficina de reparação e restauração de bicicletas.

Qualquer maneira de colaborar com outros proprietários de negócios para atingir o mesmo objetivo e reduzir custos é algo em que a Flat Track sempre esteve interessada.

A parceria com uma loja de bicicletas foi uma escolha natural para os co-fundadores da Flat Track, Sterling Roberts e Matthew Bullock, que surgiram no circuito de BMX antes de fazer a mudança para as motocicletas.

 

“A combinação única de café, motocicletas e bicicletas atrai muitos novos clientes. A maioria deles entram por curiosidade, acabam consumindo algo, e o melhor, voltando.” – diz Jeremy Brooks, da Flat Track.

 

O Flat Track espera ser um catalisador para o crescimento nas comunidades de motocicletas e cafés especiais, em parte atuando como uma ponte entre os dois. Brooks diz que parte de seu apelo é simplesmente um bom atendimento ao cliente, assim como sua capacidade de atender a um grupo de nicho de clientes para os quais o café e as motocicletas se encaixam em um estilo de vida específico. As mídias sociais e as ofertas de varejo ajudam a cultivar o estilo de vida do Flat Track, enquanto a ampla experiência de Brooks no café eleva os padrões de qualidade do café.

 

BLIP COFFEE ROASTERS
Kansas City, Missouri

 

 

Originalmente a Blip Coffee Roasters  era apenas uma torrefação e atacado fechado ao público. Depois de um certo temo que construiu um espaço de varejo.

A decisão de abrir um espaço de varejo foi impulsionada em parte pela comunidade, construída através de motocicletas durante o tempo em que a operação de atacado estava em andamento. “Eu sempre estaciono minha motocicleta do lado de fora”, diz Davis.

Davis diz que a popularidade de seu espaço é um reflexo dos atuais motociclistas. “É uma demografia incrivelmente diversa”, diz ele. “Você encontra advogados, pessoas de negócios, tem construtores de motocicletas – basicamente qualquer profissão.” Davis diz que parte da beleza da comunidade é sua capacidade de transcender riqueza, raça, gênero e quaisquer outras divisões que possam separar comunidades de pessoas.

“Quando o consumidor de café especial entra e quer ter essa conversa, fico muito feliz”, diz Davis, sobre a oportunidades para informar os clientes sobre detalhes sobre métodos de processamento e oringens do café. “Mas é tão importante perceber que nem todo mundo quer saber.”

 

DEVOLVE MOTO COFFEE
Raleigh, Carolina do Norte

 

 

O Devolve Moto se destaca como um dos poucos cafés de motocicleta ao leste do Mississippi. O co-fundador Greig Hochreiter estava trabalhando na TV e no cinema quando dois incidentes mudaram sua trajetória e abriram o caminho para o Devolve. Primeiro, o estado tirou incentivos fiscais para as filmagens na Carolina do Norte, reduzindo drasticamente o trabalho disponível. Então Hochreiter foi atingido em sua motocicleta por um motorista bêbado e hospitalizado por cerca de uma semana. Durante seu tempo no hospital, ele descobriu o site da Deus Ex Machina de Sydney.

“Achei que era a melhor ideia do mundo”, diz Hochreiter. “Eu pensei, ‘se tivéssemos um desses na Carolina do Norte, seria sensacional – seria o único lugar onde eu gostaria de visitar”.

Isso foi o suficiente para que Hochreiter começasse a desenvolver planos para o Devolve. Ele pegou aspectos das lojas de que gostava e tentou adaptar todos os detalhes para se adequar à Carolina do Norte. “A parte do café foi apenas um detalhe”, diz ele.

Hochreiter fez uma parceria com a Torch Coffee e fez com que a equipe da Devolve estudasse o café, desde a produção até os métodos de preparo. O Devolve procura construir uma comunidade, o que não é difícil de fazer quando você pode apelar para uma série de hobbies e oferecer um ótimo café. As ofertas de roupas e equipamentos incluem produtos para camping, motociclismo e trilhas a pé.

“O café permite que as pessoas venham à sua loja sem se sentir pressionadas a comprar um item caro”, diz Hochreiter. A loja é um ótimo lugar para as pessoas saírem e conhecerem pessoas com interesses semelhantes. “As pessoas estão fazendo novos amigos, saindo e vendo qual motocicleta poderá rodar em seguida.”

 

DEUS EX MACHINA
Venice Beach, California

 

 

O nome por trás do “produto principal” da Deus Ex Machina é Michael Woolaway, diretor de design. É ele quem cria os projetos e comanda a equipe que os tira do papel. Cada encomenda é tratada como se fosse a única recebida. Não existe linha de produção. Poética à parte, dá para dizer que o que existe é o sonho do cliente e as mãos hábeis que o tornarão realidade. O resto é trabalho. Artesanal. Cada projeto chega a levar até 500 horas para ser concluído.

Desde o tipo de tanque – mais redondo, maior, menor, com grafismos, cor única – até o estilo do banco – formato e diferentes tonalidades de couro -, tudo é modificado por Woolie (como é conhecido) e sua equipe de mecânicos. A personalização passa também pelo tipo de aro e raios de roda, pneus, faróis, e altura e tamanho do guidão.

O resultado é uma moto refeita 100% à mão, com todo cuidado e atenção que esse tipo de manufatura reserva. Um estilo de “construção” que tem se tornado uma tendência em diversas áreas – de food trucks às cervejarias artesanais – e que, quando se fala em motos, tem raízes bem fincadas em jovens americanos e ingleses do passado, que costumavam personalizar as suas.

Na loja de Venice, Califórnia, chamada de “Empório de Atividades Pós Modernas”, onde reúne café, clube de música e loja de equipamentos esportivos (pranchas de surf e roupas de mergulho), acessórios (capacetes, luvas) e roupas (jeans, camisetas, moletons…) rola também uma festa mensal, sempre aos domingos, voltada para motoqueiros e entusiastas, numa tarde inteira com música grátis e gastronomia.

Mesmo no dia a dia, o local vive cheio de jovens (homens e mulheres), que levam seus notebooks, cachorros e crianças para trabalhar por lá ou simplesmente passar o tempo entre um papo e um café. Detalhe: Julia Roberts é habitué.

 

THE HOUSE OF MACHINES
Los Angeles, California

 

 

The House of Machines, uma loja de motos, espaço de eventos, loja de equipamentos e roupas, além de um bar e cafeteria que fica no Centro de Los Angeles.

THoM LA é o terceiro estabelecimento da empresa sul-africana que abriu sua primeira unidade na Cidade do Cabo em 2013 e Niseko em 2016. A intenção de cada local é servir como um centro onde aqueles com interesses comuns podem se reunir, compartilhar ideias, relaxar, comer, beber, construir e estudar.

A THoM não é nada além de uma ideia ambiciosa e bem sucedida, em parceria com a BMW Mottorad , com a intenção não é apenas estimular uma comunidade já existente, mas também trazer novos clientes e fazer com que eles se sintam bem-vindos. A THoM e a BMW Mottorad tornaram o local o mais convidativo possível. No espaço há um bar que serve coquetéis envelhecidos em barris, cerveja artesanal local e café especial . Pequenos pratos e lanches também são servidos. Depois, há Speed ​​Shop , que é o domínio dos construtores de motos personalizados Chris e Fiona Richardson. Composto por um espaço de trabalho com bancos de ferramentas e elevadores de motocicleta.

 

 


Spread the love