Compartilhar

Quais destinos incluir em seu Mochilão pela América do Sul? Saiba mais sobre quais destinos e atrações não podem faltar neste roteiro .

Quando bate aquela vontade de viajar e explorar novos territórios, mas sem grana ou tempo para ir para muito longe, eis a solução perfeita: um mochilão pela América do Sul.

Afinal, os atrativos e benefícios são muitos: paisagens incríveis, povos simpáticos e receptivos, câmbio favorável, acesso tranquilo (sem necessidade de vistos) e hospedagem barata.

Em um mundo perfeito, você teria uns dois meses sabáticos e faria uma viagem única, com um rota do tipo Bolívia – Peru – Chile – Argentina – Uruguai.

Mas se isso não for possível, escolher um ou alguns desses países já vai mostrar o quão rico, diverso e interessante pode ser o continente sul-americano. A seguir veja alguns dos melhores destinos para incluir no seu mochilão pela América do Sul.

1. BOLÍVIA

Mochilão pela América do Sul

Destino dos sonhos de muitos viajantes, o Salar de Uyuni parece mesmo saído de um filme de ficção científica: o maior deserto de sal do mundo tem mais 10 mil kme 10 bilhões de toneladas de sal. É acessível por completo entre abril e novembro, fora da temporada de chuvas, quando vira um lago de até 30 cm de profundidade.

Já Copacabana costuma ser o ponto de chegada para quem quer ver de perto o Lago Titicaca, o lago navegável mais alto do mundo – com 41 ilhas e onde 25 rios desaguam – e vistas estonteantes. A capital La Paz é a mais alta do mundo (3.650 metros do nível do mar), sempre com clima frio, e repleto de atrações arqueológicas como Tiwanaku e o Vale da Lua, além da (razoavelmente barata) estação de esqui Chacaltaya.

Cochabamba é conhecida pela gigante imagem de Cristo tal qual a do Rio de Janeiro (mas ainda maior, com 40 metros de altura), com direito a teleférico para visitação. Com todos esses atrativos, certamente a Bolívia é um dos destinos na América do Sul que mais desejam atenção dos viajantes.

 

2. PERU

Mochilão pela América do Sul

Como não incluir Machu Picchu numa viagem pela América do Sul? A cidade perdida dos incas, às margens do rio Urubamba, atrai visitantes do mundo inteiro, especialmente os que querem explorar a mítica área a pé, pelas trilhas em meio ao Vale Sagrado dos Incas – Aguas Calientes Cuzco costumam ser as melhores cidades-base, e elas próprias valem uma boa visita.

Lima é a capital bastante urbanizada do país, com muitos shopping centers, universidades, museus e um centro colonial bem conservado, com belos palácios e casarões. E Arequipa, terra de Mario Vargas Llosa, fica no sul do país, a 2.300 metros de altitude, em meio a um vale das montanhas desérticas da cordilheira dos Andes.

 

3. CHILE

Atacama, no Chile

Os mochileiros em busca de aventura costumam ter o Deserto do Atacama na ponta de destinos na América do Sul, e San Pedro de Atacama é o verdadeiro oásis no meio dos 200 km do deserto – o Valle de la Luna e os gêiseres ao pé do vulcão El Tátio são pontos obrigatórios de visitação (para chegar até lá, o aeroporto de Calama é uma das opções mais próximas).

As Torres del Paine formam um parque nacional ao sul da Patagônia chilena, e contam com uma das cadeias montanhosas mais famosas do mundo, rodeado por lagos, cascatas e glaciares (a cidade de entrada é Puerto Natales).

Punta Arenas esbanja multiculturalidade, com sua charmosa população de raízes croatas, espanholas, suíças, iugoslavas e galesas. A pequena Isla Negra é famosa por ser a residência do poeta Pablo Neruda (sua casa virou museu).

Pucón é cercada pelo lago e vulcão Villarrica, onde pode-se praticar o “andinismo” (alpinismo nos Andes). Dá para entender porque a capital Santiago é tão popular entre os turistas – afinal como resistir ao encanto de sua arquitetura, seus palácios e mirantes, ou suas tão tradicionais vinícolas? Já Viña del Mar é hit no verão, com suas belas praias e clima badalado.

Valparaiso está encravada entre dezenas de morros e colinas, formando uma paisagem surpreendente e com vistas incríveis. Por fim, a extremamente simbólica Ilha de Páscoa (“Rapa Nui”) é cercada de mitologia, graças ao seus “moais” – as estátuas esculpidas a partir das pedras do vulcão Rano Raraku.

Veja também:

5 habilidades essenciais para um viajante profissional

 

4. ARGENTINA

Tierra del Fuego

Difícil escolher o(s) lugar(es) mais interessante(s) na Argentina, já que o país é um melhores destinos na América do Sul. Começando pelas festas, Mar Del Plata é adorada pelos baladeiros, com vida noturna agitada (boates, cassinos) e também atrações turísticas populares (Cidade Pan-Americana, Aquário Central etc).

Ushuaia, ou a “Cidade do Fim do Mundo”, é o ponto mais ao sul do planeta e no seu Parque Nacional Terra do Fogo, o visitante tem a chance de ter contato direto com a flora e fauna locais (incluindo os adoráveis pinguins) e praticar esportes como trekking, esqui e andar de trenó.

El Calafate é a cidade mais próxima do Parque Nacional Los Glaciares, onde está o Glaciar Perito Moreno, a maior geleira em extensão horizontal do mundo. Puerto Iguazú, na chamada Tríplice Fronteira, fica a apenas 18km das Cataratas do Iguaçu.

Mendoza é famosa por seus incríveis vinhos e azeites. Córdoba, segunda maior cidade do país, tem grande importância histórica e monumentos preservados do colonialismo espanhol, como o “quarteirão jesuíta” (Manzana Jesuítica).

Bariloche, na fronteira com o Chile, é rodeada por lagos e montanhas, ideal para praticar esqui na neve. E, finalmente, a capital Buenos Aires é um dos principais polos culturais da América Latina, cheia de museus, teatros, bibliotecas, casas de tango, além de uma arquitetura ímpar. Qual destes destinos argentinos você incluiria em seu mochilão pela América do Sul?

 

5. URUGUAI

Los Dedos - Punta del Este - Uruguai

A capital Montevidéu esbanja charme, com seus lindos prédios históricos, teatros, mercados e um pôr-do-sol imbatível à beira do Rio da Prata. Há vários balneários no país para aproveitar o verão, com destaque para Punta del Este Punta del Diablo – o primeiro é famoso pelos cassinos de luxo, lojas das melhores grifes e ótimos restaurantes; o segundo com um clima mais aconchegante, belas praias, parques históricos, spas e bem próximo de Chuy.

E se a ideia é encontrar um lugar para relaxar, Colonia del Sacramento é uma simpática opção, com seu centro histórico tombado pela UNESCO e forte influência portuguesa na arquitetura – e super conveniente durante o mochilão pela América do Sul, já que fica só a uma hora de barca de Buenos Aires.

Post Relacionados

Já pensou em sair para viajar, sem data para volta... Você tem o sonho de viver na estrada, literalmente? Este livro te ensina tudo sobre a interessante "VanLife". Não é raro ouvir cada vez mais história...
Califórnia, destino perfeito para uma Road Trip Paisagens de tirar o fôlego, garantia de comer e beber, sem contar o prazer de por os pés (ou as rodas) na estrada encantam viajantes do mundo inteiro...
5 habilidades essenciais para um viajante profissi... Quem viaja com frequência adota atitudes que servem para o seu dia a dia. Veja como uma viagem pode transformar a sua vida.   Outro dia me pe...