Compartilhar

Passar um café em casa logo pela manhã, faz parte do cotidiano de quase todo brasileiro. Não exige prática ou tampouco habilidade para fazer um simples café. Mas alguns pequenos detalhes irão resultar numa experiência muito melhor.

 

Se você busca informações de como preparar uma ótima xícara de café, basta estar atento a estes pequenos cuidados e  simples técnicas que fazem o resultado ser diferente do que a estamos acostumados a consumir normalmente por aí.

Para alcançar esse nível de preparo e ter o melhor resultado, não é necessário o investimento de  milhões ou que tome parte significativa do seu precioso tempo. Aliás, pra simplificar ainda mais, dividi a fórmula Cafe.i.n.ação em 5 passos.

Nesse caso, estamos falando do café coado, o mais consumido nos lares brasileiros, que todo mundo faz em casa, com o filtro de papel. Mas essas dicas também servem para quem vai usar uma AeroPress, Chemex, Kalita entre outros métodos de preparo. Alguns não são necessário o uso do filtro de papel, por exemplo a French Press ou Moka Italiana.

Então vamos lá:

 

#1 Café não é tudo igual – saiba escolher 

Parece óbvio, mas não é tanto. Não escolha o café simplesmente pelo preço. Nesse caso, vale muito a pena pagar um pouco a mais pra ter um café com doçura natural (você não vai precisar de açúcar ou talvez precise de menos), acidez equilibrada e um corpo decente (aquela sensação de preenchimento total da boca). Te juro que até o aroma é diferente. Por isso digo: Procure por cafés especiais.

Normalmente, o café tradicional no Brasil apresenta um nível de impurezas alto e uma torra muito escura, o famoso “Extra Forte” que te faz tremer! Tocando por miúdos quer dizer: você não está bebendo só café, mas um monte de outras coisas torradas ao ponto de carvão. É o bom e velho café de bêbado, amargo como a gente espera que a vida nunca seja.

Hoje em dia está mais fácil encontrar locais que vendem cafés especiais. Infelizmente não vai ser nas prateleiras do mercado que você vai encontrar, mas sim em cafeterias e empórios especializados.

 

#2 Se possível, moa na hora

Isso não  é Blá blá blá. Café moído na hora é outra coisa. Não precisa ter um moedor profissional. Em casa eu uso um manual da Porlex, que traz ótimo resultado. Mas existem várias opções, inclusive um elétrico, para os que possam ter preguiça de moer manualmente.

O fato do grão do café não ter oxidado tanto quanto o moído, dele estar mais fresco e conservar seu interior intacto se reflete na xícara. Se ainda tiver dúvidas, compare o seu moído na hora com um que está lá nas prateleiras do supermercado há meses. É um choque de realidade.

A moagem para café filtrado é indicado que seja de fina para média.

Dicas de moedores:

moedor de café moedor de café  moedor de café

#3 Escalde o filtro de papel

Coloque o filtro de papel no suporte e passe a água quente para tirar qualquer impureza e o gosto do papel.

Normalmente eu uso o suporte e filtro da Hario V60, que possuem ranhuras internas espiralados e o buraco de vazão maior. O resultado será uma bebida mais “limpa” e delicada.

Mas não desmereça o famoso filtro Melitta, que está em mais de 90% das casas. A diferença no resultado finas se comparando com o Hario V60, é uma bebida mais encorpada.

 

#4 Receita Básica

Tudo pronto,  agora é só jogar o café no filtro. A receita básica (pode mudar conforme o café), é de 18g (mais ou menos uma colher de sopa bem cheia de café) para 200g de água. Se você tiver uma balança, isso te ajudará muito para fazer testes de receitas e replicar a que mais te agrada.

Com relação a água, pode ferver tá?! Só deixe “descansar” um minutinho, para baixar um pouco a temperatura. Jogue um pouco de água lentamente, o suficiente para molhar todo o pó, para fazer uma pré infusão. Aguarde 30 segundos e volte a adicionar a água, em movimentos circulares, começando do meio para fora. Faça isso com calma e curta o momento, pois é a hora que o aroma do café se espalha pela casa toda.

 

#5 Curta o Ritual

Costumo dizer que preparar café é o meu momento de meditação. E realmente eu me desligo completamente. Portanto, é um ótimo exercício para começar bem o dia. A hora do preparo pode ser tão prazeroso quanto consumir uma deliciosa xícara de café. Enjoy!

 

Quer saber um pouco mais? Confira este vídeo:

 

 

Post Relacionados

7 lugares imperdíveis para tomar um bom café no Ur... No Uruguai, a pausa para o café também é levada a sério. Assim como no Brasil e Argentina, já podemos encontrar ótimas opções que servem bons cafés. ...
Como nasceu o Projeto Cafeinação? Bem vind@s ao Projeto Cafe.i.n.ação.   A idéia inicial do projeto surgiu no dia 1º de janeiro de 2014, como um exercício criativo e desafio p...
Café ou Cerveja: qual te deixa mais criativo? O café e a cerveja podem ter bastante benefícios para o cérebro, principalmente quando se diz respeito a criatividade. Os efeitos são opostos, mas amb...