Compartilhar

Não há dúvidas que São Paulo tem importância fundamental para o crescimento do consumo de cafés especiais no Brasil. Assim como o número de apreciadores cresce, novas opções de cafeterias aparecem.

 

Há mais de dez anos, a cidade acompanha o surgimento de cafeterias voltadas ao mercado dos cafés especiais. Durante muitos anos, o ritmo foi lento, com o predomínio de precursores como Coffee Lab, Suplicy Cafés e Octavio Cafés. Nos últimos anos, no entanto, houve uma verdadeira explosão de endereços onde é possível cultuar o café, em vários cantos da cidade.

Muitos são espaços pequenos, com os próprios donos-baristas tomando conta do balcão. Outros englobam a cadeia produtiva inteira, do plantio dos grãos em fazenda própria até a torra.

Planeje seu roteiro de visitas com lista abaixo:

 

Black and Load Cafés Especiais

A marca Black’n Load nasceu da fusão entre a paixão pelo mundo dos cafés especiais e o desejo de oferecer o que chamamos de “Coffee Momentum”, uma experiência superior em qualidade, atendimento e entretenimento.

Com uma tipografia personalizada e elementos com detalhes sutis e elegantes, a identidade visual remete ao Steampunk, subgênero da ficção científica que tem como cenário a Revolução Industrial e a Era Vitoriana do século XIX, em que os paradigmas tecnológicos modernos ocorreram mais cedo do que na História real, mas foram obtidos por meio da ciência já disponível naquela época, como o maquinário industrial movido a vapor.

Cola lá: Rua Bahia, 843 – Higienópolis

 

Clemente Café

São 7 metros quadrados, com poucos bancos do lado de dentro e outros do lado de fora. Mesmo minúsculo, o Clemente Café, aberto por Tatiana Rocha em meados de 2016 passou a chamar a atenção de “coffee geeks” ao combinar bons grãos e boas extrações.

Formada em marketing, ela se aprofundou na área com a ajuda do seu grande amigo, o barista Gabriel Penteado (proprietário do do Cupping Café). Seus cafés são das microtorrefadoras Bica e Pereira Villela e vão em métodos filtrados como Aeropress, Hario V60 e prensa francesa. O nome do local é homenagem ao papa Clemente VIII (1536-1605), que liberou o café entre católicos quando a bebida era considerada coisa do diabo, por conta do consumo entre árabes.

Cola lá:  Rua Coronel Lisboa, 659, Vila Clementino

 

Coa Café

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Projeto Cafe.i.n.ação® (@cafeinacao) em

Escondido entre corredores do térreo de um prédio comercial, este simpático café de decoração industrial vale a visita à região dos tribunais na Barra Funda.

Coa Café leva um pouco dos sabores de casa para os paulistanos que passam a maior parte dos seus dias na correria de suas rotinas e não têm tempo de curtir as simplicidades da vida. Seja com uma boa caneca de café preparada na hora, um bolo caseiro fresquinho ou ainda um pão de queijo quentinho.

Cola lá: Avenida Marques de São Vicente,405, Loja 13 – Várzea da Barra Funda

 

Cupping Café

Cupping Café – nome do lugar, aberto em maio deste ano na Vila Madalena, homenageia a degustação técnica de grãos feita para atestar a qualidade de um lote de café. No espaço de espírito self-service (e mesas ao fundo que convidam ao trabalho ou a cursos), o serviço é todo em material descartável para popularizar o café especial a preços justos. Nos copinhos de papel vão expressos e filtrados, em métodos que ganham destaque semanalmente, como o sifão (globinho) e a Bonmac (de cerâmica).

Os grãos podem variar, mas em geral tem café torrado pela Bica e pela Wolff Cafés, escolhidos pelo dono do espaço, o arquiteto Gabriel Manassés Penteado, que se especializou como barista há cerca de três anos.

Cola lá: Rua Wisard, 171 – Vila Madalena

 

Diário Café

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Projeto Cafe.i.n.ação® (@cafeinacao) em

O Diário Café ocupa um ambiente aconchegantes nos fundos de uma loja, na Vila Madalena, onde se esconde um delicioso e bucólico jardim, em que até o início deste ano funcionava uma unidade do Nano Cafés Especiais. Lugar para ir, sentar e tomar um café com calma.

Cola lá: Rua Girassol,481 – Vila Madalena

 

Fora da Lei Café

Um representante do segmento dosCoffee Trucks, o Fora da Lei Café é uma inciativa do Cauã, um advogado de uma multinacional que tinha uma Ford Rural parada, e viu aquilo como uma possibilidade de abrir um negócio “fora da lei”.

Depois de algum tempo para preparar da caçamba do veículo  e também fazer alguns cursos para se especializar no preparo de cafés, o hoje barista Cauã está com sua cafeteria ambulante montada e tem um ponto de parada na  esquina da Alameda Joaquim Eugênio de Lima e Alameda Santos, além de participar de alguns eventos.

Cola lá: *Confira no instagram para conferir onde estão estacionados.

 

Freak Café

Freak Café é um espaço charmoso, localizado em Moema, especializado em cafés de qualidade. Inaugurado em julho de 2014, o ambiente é perfeito para um café da manhã antes do trabalho ou no fim de semana e também para um almoço leve ou café da tarde.

Além dos cafés, o Freak oferece uma variedade de salgados, com destaque para os paninis – inclusive com opções para vegetarianos. No cardápio de almoço, entram pratos e saladas.

Outra boa dica é que nos domingos geralmente rolam um Jazz ao vivo.

Cola lá: Av. Jurema 359 – Moema

 

HM Food

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Projeto Cafe.i.n.ação® (@cafeinacao) em

O HM Food foi inaugurado em 2015, com um deque vazado para a calçada,  atrai tanto passantes apressados (ali não há garçom, é só pedir no balcão, rapidinho) quanto quem quiser esticar um pouco mais para refeições. Oriundos da publicidade e da arquitetura, os sócios Hesli Carvalho e Murilo Nogueira tomam conta do pedaço, seja na cozinha ou no atendimento. São eles que pesquisam o que servir ali, como grãos torrados por Isso É Café e Bica Torradores. Os cafés são servidos em métodos como o coador de cerâmica Z (desenvolvido por um barista taiwanês radicado no Brasil), além de Aeropress e Hario V60 – o coador Z, destaque da casa, está à venda no local.

Cola lá: Rua Ferreira de Araújo, 1.056 – Pinheiros

 

King of the Fork

King of the Fork tem o ambiente inspirado na cultura do ciclismo, no comer e beber bem. O local é ideal para encontrar amigos, comprar acessórios de bikes e saborear quitutes acompanhados de um bom café. Pequeno, com decoração temática, o delicioso KOF serve diversos tipos da bebida (quentes e geladas), além de doces, sanduíches e cervejas.

A cafeteria foi idealizada por Camila e Paulo, amigos de pedal que abandonaram suas carreiras para reunir nesse espaço o que mais gostam de fazer: comer e pedalar. 

Não deixe de experimentar: o crocante waffle com manteiga e geleia, cookies da casa, o latte e o café gelado.

Cola lá: Rua Arthur de Azevedo, 1317 – Pinheiros

 

Kofi & Co

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Projeto Cafe.i.n.ação® (@cafeinacao) em

Kofi & Co está localizado numa região da zona sul carente de cafés especiais, os sócios e ex-executivos de multinacional Marcello Cunha e Maurício Aurichi se instalaram no fim de 2016 para oferecer não só grãos selecionados como métodos de extração que atraem clientes curiosos.
Depois de passar os últimos três anos estudando o ramo, orgulham-se de servir pelo menos 15 tipos de café feitos fora da máquina de espresso, entre eles a novidade 100% nacional Pressca, além de Eva Solo, sifão e Clever. Dentro da xícara vão lotes torrados por Hugo Wolff, do Wolff Cafés – recentemente a casa serviu um lote de Forquilha do Rio (ES) que foi usado pelo campeão da Copa Barista 2016.
Cola lá: Rua Alexandre Dumas, 1.518 – Santo Amaro

Veja também:  APLICATIVO OFERECE CAFÉ EM DOBRO NAS MELHORES CAFETERIAS DE SÃO PAULO

Nano Cafés Especiais

Nano Cafés Especiais já foi um coffee truck, que nasceu pelo desejo de “juntar a fome com a vontade de comer”, literalmente. Robinson Takeshi Kimura e Lívia Fattori Scudeller se uniram pelo design e decidiram juntos trilhar um novo caminho cheio de aromas e doçuras. Depois de uma temporada na Vila Madalena, e com uma nova integrante na família (chegou a Amora, primeira filha do casal), inauguraram um espaço físico no tradicional bairo do Bixiga.

A missão segue a mesma: café e comidinhas de qualidade a preços acessíveis! Grãos especiais cultivados por pequenos produtores, perfil de torra cuidadosamente estudado e desenvolvido em microtorrefação, sabores frutados, aromas delicados, são características que você vai encontrar a cada dose de café.

Cola lá: Rua Conselheiro Carrão, 374

 

Rua Coffee Roasters

O Rua Coffee Roasters oferece um bom café onde você estiver. Da seleção do grão até a forma de atendimento, os produtos e serviços, juntos, entregam uma experiência diferenciada em diversos pontos da nossa cidade.

Baristas experientes, unidades bem localizadas e muito cuidado no preparo do seu café. Esse é o Rua Coffee Roasters, sempre buscando a melhor forma de inserir um bom café no dia a dia de nossos clientes.

Cola lá: Unidade 1 – Rua Ramos Batista, 198 – Vila Olimpia
Unidade 2 – Av. Brigadeiro Faria Lima, 3477

 

Soul Café

Dentro de uma das interessantes galerias da Rua Augusta, o Soul Café é parada obrigatória para os apaixonados de café. Ambiente agradável,  espaço oferece opções de cafés especiais preparados por baristas super qualificados, tendo várias opões de métodos de preparo, servidos nas versões quente ou gelada.

Para comer, há doces, salgados e sanduíches. O pão de queijo, feito com queijo serra da Canastra, é produzido na casa.

Cola lá: Rua Augusta, 1524 – Consolação

 

Supernova Coffee 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Projeto Cafe.i.n.ação® (@cafeinacao) em

A Supernova Coffee foi recém inaugurada em São Paulo, mas já faz bastante sucesso em Curitiba, devido a proposta de servir cafés especiais, sem complicar. O diferencial desta nova unidade na capital paulista, é que o espaço é compartilhado com empresa (também Curitibana) Wood Skull, uma marcenaria moderna e criativa.
O ambiente compartilhado é aconchegante e moderno, o que torna a experiência bastante interessante, pois atém de tomar bons cafés, é possível comprar inclusive a cadeira onde você se sentou.

Cola lá: Rua Haddock Lobo, 1012 – Jardins

 

Um Coffee Co.

A primeira unidade da UM Coffee Co., instalada no Bom Retiro iniciou as atividades em 2016, depois veio a primeira filial no Itaim Bibi e recentemente inauguraram uma nova unidade no bairro de Pinheiro. Nas tres casas, o café é o mesmo, em métodos como o Kalita, o Hario V60 e o Aeropress, além de cold brew (extração a frio) em versão com água tônica e laranja. Os grãos vêm da fazenda da família em Minas Gerais, que exporta principalmente para a Coreia, e de outros Estados, mas todos passam pelas mãos de Boram Um, que se especializou na torra há cerca de três anos.

Cola lá: UM Coffee Itaim Bibi. R. Iaiá, 62, Itaim Bibi.
UM Coffee Bom Retiro. R. Júlio Conceição, 553, Bom Retiro

 

Aproveite o benefício de Café em Dobro nessas cafeterias, adquirindo o Roteiro Experiências Cafeinadas SP, um projeto em parceria com o Guia Doop. Saiba +

 

Veja também:

CAFÉ DA MANHÃ OU BRUNCH?

Post Relacionados

Moer Café na hora é melhor? Quem não se importa em moer café na hora de preparar o café, é porque ainda não tomou um feito assim. O sabor e aroma é muito diferente! E o melhor é ...
Cafeína, a droga mais popular do mundo A grande maioria dos brasileiros adultos consomem doses diárias de cafeína superiores a 300 mg, e muitos são viciados. Você já se perguntou o que torn...
5 motivos para “não” começar a tomar C... Não é segredo pra ninguém que o Café faz parte da nossa cultura. Somos o maior produtor mundial e também o maior exportador.   Todo brasileir...